to top

O dia que escolhi me cuidar

_DSC7519

 _DSC7519

Chegou o dia que resolvi cuidar de mim. São 3 anos me dedicando exclusivamente a minha familia, meu trabalho e a minha casa. Amo cuidar de tudo, sou um ser controlador e tento a qualquer custo fazer tudo sozinha e do meu jeito.

Estava feliz e convicta das minhas decisões até que o meu corpo e mente não aguentaram mais. Minhas dores de cabeça se tornaram frequentes, o cansaço me dominou e parecia nunca estar disposta. Já acordava mau humorada e em alguns momentos já não fazia as coisas por amor, mas por obrigação.

Um dia à noite, lembro bem, acho que cheguei no meu limite. Taquicardia, um cansaço e nervoso fora do normal. Entendi que a energia tinha acabado de vez. Todinha. Perdi as forças.

A minha decisão de não ter ninguém em casa pra me ajudar teve que ser repensada. Quando eu não trabalhava era mais fácil. Além do tempo disponível ser maior, não tinha outra coisa pra pensar. E, na verdade, sempre senti falta de algo que eu amasse e pudesse me dedicar. A fotografia é meu combustível, é o que me move. Estou sempre cheia de planos, pensando em cursos, em equipamentos, em como evoluir. Sou feliz por ter um trabalho que só me agrega!

Mas em contrapartida, agora preciso de ajuda. Definitivamente não dá pra fazer tudo. Faço questão de cuidar da Mariah sozinha, por isso encontrar alguém para me ajudar em casa foi a melhor solução. Tive a sorte de conseguir uma pessoa muito especial que cuidou de mim na minha infância reaparecer e poder me ajudar duas vezes por semana e dividir a infinidade de tarefas que envolvem uma casa com filho, marido, cachorro …

A parte da alimentação continua por minha conta mas diminuí o ritmo como já contei pra vcs aqui.

Agora entra a parte de corpo e mente. Um mês atrás recomecei a massagem/drenagem com a mesma profissional que cuidou de mim durante a gestação. Uma horinha na semana só minha. Mas sinto que meu organismo está em estafa, cansado. Procurei uma clínica bem conceituada e bem completa, Clínica Giorelli. Hoje fiz a primeira consulta com o O Dr. Guilherme que é Nutrólogo. Conversamos e alguns exames foram solicitados para que a orientação do tratamento seja precisa. Eles também contam com a parte estética e chegamos a conclusão de que o VelaShape era o aparelho adequado para o que meu corpo precisava. Vou fazer um post falando sobre isso com detalhes.

Agora o próximo passo é buscar uma atividade física que me faça bem e, principalmente, me relaxe. Nunca curti academia, musculação. Por isso estou inclinada a buscar aulas de yoga, pilates …

Não gosto muito de me expor intimamente, vcs já sabem, né? Mas acho que contar pra vcs que, muitas vezes, devem pensar que meu cotidiano é perfeito e que eu dou conta de tudo sempre com sorriso no rosto, pode ajudar e tocar alguém que também esteja passando por algo parecido.

Temos que entender quando o corpo pede SOCORRO. O meu pediu, gritou!

assinatura-nanda_castello-1

Nanda Castello

  • Ana

    Nanda!! Te entendo totalmente..essa vida de dona de casa e muito mais difícil do que as 8 horas por dias com chefe a tiracolo. Eu abri mão da minha vida profissional(que não curtia tanto) para cuidar dos meus filhos! Estou feliz.. Porém cansada!! Essa ajuda 2x/ 3x por semana será muito bom para vc!! Os afazeres domésticos me impedem de estar com meus filhos.. Brincar.. Dar atenção sempre que precisarem.. Pois todo o serviço não espera! E de deixar de fazer acumula e fica pior. É sempre bom esse carinhos com nós mesmas.. Faz bem para alma! E para todos ao nosso redor.. Nos transmitimos a energia que nos circunda! Se não está boa.. Não iremos passar amor, tranquilidade, afeto para os nossos! É preciso equilíbrio, paz.. Faça isso por vc! Você merece.. Nós merecemos! Beijo

    19 de out 2015 at 22:46 Responder
  • Maria Luiza

    Ai Nanda… to assim hoje… cansadissima… esgotada
    Muito bom ler seu texto nessa hora!
    bjus

    21 de out 2015 at 16:24 Responder
  • Tânia

    Oi Nanda!!! Adoro suas postagens!!! A realidade de parar de trabalhar para cuidar dos filhos bateu aqui em casa tbm, tenho dois filhos lindos Pietro 4 anos e Vallentina 2 anos, a rotina realmente é muito cansativa e vc como eu que gosta de cuidar de tudo nos mínimos detalhes cansa e muito.Vc é guerreira e vai conseguir passar essa fase com tranquilidade, parabéns pela sua dedicação!!! Bjs na sua princesa linda.Tbm sou moradora do Rio.

    30 de out 2015 at 20:21 Responder

Leave a Comment